sábado, novembro 24, 2018

Drummond, Maria Julieta e eu



Encontro Drummond e Maria Julieta, sua filha, em frente à loja Forma em Ipanema. Era janeiro de 1987. 
Havia comprado uma cadeira de escritório para ele. 
Ao me apresentar à filha, diz: "Elianne é psicanalista, tenho medo dela". 
Maria Julieta diz: "O que significa comprar cadeira, Elianne?".
Não respondi, apenas ri, balançando a cabeça. 
O poeta responde ágil: "Para ficar ereto". 
Maria Julieta: "É o que o Tabaquinho* precisa". 
Drummond: Como vai de amores, Elianne? 
Eu: Mal. 
Ele dirigindo-se para a filha: "Elianne tem dois namorados". 
Eu: "Não tenho nenhum, Drummond." 
Maria Julieta: "É quem tem dois, não tem nenhum, papai, que sempre foi fiel, sabe disto." 
Drummond: "É". 
Me despeço apressada. Ufa!

*Tabaco: Personagem de Osmar Prado na novela “Roda viva”- Motorista de Renato (Tarcísio Meira) e homem de sua confiança. Tem várias mulheres, o que exige malabarismos para que uma não descubra a existência da outra.

Nenhum comentário: