domingo, junho 06, 2010

A minha casa II

Foto da Fazenda que vejo do andar de cima




Ontem tirei muitas fotos da casa- interior-  e fiquei a pensar que é o que me dá prazer aqui. Talvez eu não consiga mudar mais por isso. Gosto do meu espaço. Iluminado, cores bonitas, amplo.

O jardim começa a se delinear- precisaria de alguém competente para ajudar- tenho um jardineiro- um furão- nunca vem quando diz, nem para receber. É um homem bem matuto, muito simples e tímido- não consigo me irritar com ele. Fala baixo, quase inaldível- e também tem um sotaque do interior daqui que é difícil entender: falam muito rápido e as palavras grudadas.




Foto do quadro de Volpi com o meu reflexo  e da Fazenda- acordo e vejo as vaquinhas:




Auto retrato na juta(cortina):


A cortina:


4 comentários:

Lia Noronha disse...

Laura: que espaço Divino...amei!!!
Melhor do que isso só mesmo a Ipanema dos anos 70 e 80...e até 90.
Bjus carinhosos pra ti querida.

Leila Silva disse...

Que bonita a sua casa, a vista também.
Abraço

expressodalinha disse...

A fazenda é espatecuar. Sítio privilegiado (não fora o calor). Gosto da cortina e do q estápor trás. Novo cabeçalho muito bom.

Maria Muadiê disse...

Que bonita, que delícia!