domingo, março 21, 2010

Um dia, dois gatos e o que não devo contar...




Escrevi agora, não vou reler, sorry.

Meu gato anda muito ligado a mim- agora está deitado aqui na minha mesa- nunca me imaginei com um gato ao lado. Felizmente, a gente muda. Ando pensando nele. Quanto tempo terá de vida? Fui ler aqui.

Ele é de 2003, acho, Luc calculou quantos anos deve ter: 41 anos. Dan, meu filho mais novo, o trouxe, foi abandonado no Jardim da Escola dele. Eu resisti, fiz discurso de que não queria cuidar de bicho- estas coisas.
Hoje, amo de paixão, o meu gatinho. Tem olhos azuis- meu ex também tem- eu digo que é o filho de olhos azuis que eu queria- meus filhos riem. Todos o amamos muito. É dócil, obediente- eu o chamo do jardim da vizinha e ele vem correndo. Acordo com ele me fazendo festinha- é muito bom- ameniza dores.

Minha analista disse que olhos azuis é um significante para mim :), deve ser...

Temos uma gatinha- também estava abandonada- veio substituir a outra que desapareceu. No início eu a achava muito feia- hoje acho lindinha. Também tem olhos azuis, os dele, são cor de água- marinha- que eu amo-, os dela, azul violeta- tipo Liz Taylor. : )
Ela, quando percebe que começo a me mexer na cama de manhã, vai até a porta e 'bate'- se enconta e eu ouço.
Vivo num condomínio fechado, só circulam pela casa da frente e a do lado- ficam mais no muro que nos divide.

Ontem entreguei um presentinho para a vizinha do lado que teve um bebê- é um casal jovem e o filho é muito lindo- riu, tem covinhas- adoro. Fofíssimo.

A empregada, que contratei direto, porque minha mãe vivia aqui- não sabe ler as horas em relógio sem ser digital e é semi-analfabeta. Quando peço para ler algo, nem soletrar consegue. Morro de pena. Dei para ela ler: O menino maluquinho, devolveu depois de meses. Ah! Está na escola há anos- tem 46 anos. Sai daqui correndo para ir para a aula.
Ela diz que cai de sono quando pega o livro na hora de dormir para ler- exausta. Combinei o seguinte: ela vai ler uma página por dia e me contar o que leu. Gostou da idéia- levou Gabriela, cravo e canela. Já contou que se passa num lugar que tem cacau...
Está lendo. Gosto muito dela. Hoje vai chegar mais tarde, vai ver o material para consertar a sua casa- que tem rachaduras nas paredes. Ela tem dois filhos mal educados, não a ajudam e um amante casado que é um zero à esquerda.

Já contei para vocês que aqui para achar um homem disponível é como procurar agulha em palheiro. Só jovencitos, óbvio. Casam cedo, nunca separam- são católicos- têm quantas mulheres quiserem fora do casamento, filhos bastardos aos montes.

A mulher dele, crente-evangélica, do amante da minha querida funcionária sabe, quando ela liga para lá- quase nunca liga, ele liga umas duas vezes por dia para ela. Ela diz algo “como tua alma será salva”e acrescenta o “Jesus te ama”. Não resisti a piada: E seu marido também.
Mas a minha funcionária é discreta e não quer viver com ele- não é burra- é um machista, ciumento, pão duro, mas é amoroso com ela. Conheci- é bonitão, tem um bom carro, não vou contar o que faz, porque esta cidade é uma taba- todos se conhecem.

Natalenses: Não se ofendam- os jornalistas daqui chamam Natal de taba, por que eu não posso chamar? Ipanema é uma aldeia- todos se conhecem, também.

Queria contar uma coisa, mas acho que não devo me expor, mais ainda. Vocês me leem, alguns há anos- me conhecem bastante, mas há os que vêm eventualmente ou os novos que nada sabem. O que ela fez? Deve ter merecido! Podem pensar*. Escrever aqui não é tão fácil quanto alguns pensam- sei que há olhares enviesados, olhares que vigiam o que faço. Vade retro!

*Tks, Luma. Cinco anos aqui e não sabia fazer isto- riscar :) Hoje perguntei para a Luma, que é uma das pessoas mais generosas daqui do virtual. No início era Nemonox quem me ajudava e um rapaz que sumiu, de Recife.
Para quem não sabe: antes da frase coloca: ,no final . Simples, não?

7 comentários:

Anônimo disse...

Acho vc uma mulher corajosa. Em vários aspectos, acho que já te falei aqui. E manter um blog e de se expor assim como vc faz e de forma tão generosa, verdadeira, vai ver assusta as pessoas né.
Eu adoro o seu jeito e tudo mais.
boa noite.
um beijo
madoka

Diz disse...

Madoka querida, boa noite!
Flor do oriente.
Vc é minha amiga, olha com olhos complacentes- me comove saber que leu esta blog todinho- é impressionante.
E chorou comigo aqui tantas vezes.
Te desejo o melhor- o mesmo que desejo aos meus filhotes.
Bjs Elianne-Laura

angela disse...

Adoro gatos, tenho um preto de olhos amarelos, muito vivo, inteligente e já tem 14 anos...está ficando velho e um pouco rabugento, nunca pensei que bicho mudasse assim.
Fiquei curiosa com o que não contou...rs, não mecensure mas sou muito curiosa.
Legal sua empregada ter essa vontade de aprender. Admiro isso.
Uma boa semana
beijos

Leila Silva disse...

Eu tenho um cachorro que adoro e seu post me deu vontade de ter um gato.

Eu também acho você muito corajosa...e os espíritos de porco que encontrou aqui, oh la la. Aquela vez da gatinha (Florzinha, né?)fiquei muito chocada. Felizmente a maioria é decente, gosta de compartilhar, não é só curioso e idiota como este cara.
Abraço

Diz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Diz disse...

C'est vrai, la plupart des gens sont bonne, heureusement.
Les chats sont très bonnes, sont calmes, et sont de bons compagnons pour les écrivains, comme nous.
Pode corrigir, mon ami.
Bisus, Laura

Anônimo disse...

Faz um tempo que não visito seu blog. Assim como vc tb sou do Rio e pela primeira vez na vida crio uma gatinha :-) Taba? Super taba...é de matar!! Abs, virei mais vezes por aqui.