segunda-feira, junho 15, 2009

Tertúlia Virtual- Onde me sinto em casa?










Onde me sinto em casa?


A minha casa é o silêncio
Um canto com pouco sol ou penumbra
Um livro, um lápis, um filme dramático*

A minha casa são meus dois filhos
Os dois gatos
As duas bananeiras
Os dois pés de amora
Mas na minha cama não há dois

A vida é escolha
O meu querer, é frágil
A tristeza, em tons fortes, tenta se incrustar
Enxoto-a, buscando nuvens ao pôr-do-sol
Ou a voz de João Gilberto que apazigua

A minha casa é minh'alma em harmonia

* Drama
"Drama
E ao fim de cada ato
Limpo num pano de prato
A mão suja do sangue das canções"

Caetano Veloso

Texto que faz parte da blogagem coletiva Tertúlia virtual.

18 comentários:

Gisele Amaral disse...

Que texto bonito. E esclarecedor: uma casa linda a sua.

Bjos.
=*

maria disse...

Gosto sempre de visitar o seu blog. Textos bonitos e temas/assuntos sempre bem escolhidos.
Reflectindo na questão que deixou, sinto dever dizer que...só me sinto em casa quando estou em paz num recanto dentro de em mim.
Que esteja bem. Desejo.
Gostei muito também de conhecer o trabalho do seu irmão.
bj
maria

Márcia(clarinha) disse...

Há de sentir-se bem nessa casa, é harmoniosamente sua...

lindo dia flor
beijos

Georgia disse...

Lindo demais!

" A minha casa sao meus dois filhos", perfeito.

Parabéns!

Luis Bento disse...

Sentimo-nos em casa quando estamos connosco...

Hélio Jorge Cordeiro disse...

Tbm comungo com esta de que os filhos são a nossa verdadeira moradia.

bxinhos

Daniel und die Delphine disse...

A casa, a cidade da gente é o melhor lugar.

Chica disse...

Muito lindo e sensato o que dizes.,Adorei teu blog.beijos,chica

Luma disse...

Sua casa é doce e nostalgica! :=))) Falei do lançamento na postagem atual. Beijus

Diz disse...

Meus caros,
obrigada pelo carinho e atenção.
Aos poucos vou visitá-los.
Abraços,
Laura

Márcia(clarinha) disse...

Oi flor,
eu vi o lançamento aqui na Barra, bem pertinho de mim, infelizmente não poderei ir, mas desejo sucesso.
meu carinho nesse dia
beijos

Lu Cavichioli disse...

Delícia de postagem e muito verdadeira.

Sentir-se em casa é tudo que nos faz bem.

Bjs da Lu

Eduardo P.L disse...

Muito bonita sua participação nesta Tertúlia!
Agradeço sua visita e simpático comnentario no Varal.

Obrigado por participar!

Ex-critor disse...

Belo texto, ao som de João Gilberto...

Beijos

Adelino disse...

Laura, bela participação. O interessante do Tertúlia é abertura que permite aos blogueiros se conhecerem além de externarem os mais diferentes pontos de vista sobre um mesmo tema.
Um grande abraço.

Nade disse...

Parabéns pela belíssima participação na Tertúlia deste mês!
Bj grande!
Orgulho de Ser

Nely disse...

Um pouco nostalgico mas muito bonito.
Descobri nesta Tertúlia a paixão quase coletiva por gatos, tenho três, e quase tudo mulheres, curioso...
Devia se fazer uma coletiva sobre gatos rsrs.
Beijo.

Compondo o olhar ... disse...

desculpe a demora, estava impossibilitada por causa de uma cirurgia que tive que fazer. mas já estou bem e estarei retornando aos poucos...
adorei sua participação em mais esta intrigante tertulia.

bjocas