segunda-feira, junho 29, 2009

A cadeira de Niemeyer e as do Eduardo



By Niemeyer

Esta cadeira me lembrou o Eduardo que tem um blog cheio de cadeiras excêntricas, ou não, e varais lindos.
Como será que anda o Oscar? andou doente e está tão velhinho. Quando ele se for ficará alguém interessante da geração dele? acho que não resta mais ninguém.
Niemeyer deixará suas marcas pelas cidades e na gente. Aqui em Natal tem algo dele, em Paris ele desenhou o prédio do Partido Comunista- me mostraram- era noite, não consegui ver bem, fica no 17º arrondissement. Fora as cidades todas do Brasil e do mundo, esculturas, móveis e a lembrança das idéias dele, sujeito fantástico, nunca deixou de ser simples.
Que viva Oscar! Que fique bastante mais entre nós, superando todas as mazelas.

4 comentários:

Eduardo P.L disse...

Fiquei muito honrado por estar numa postagem em tão ilustre companhia! O NOSSO velho Oscar! Talvez depois do Pelé, o nome mais reverenciado no exterior!
E honrado por estar numa mesma postagem sobre CADEIRAS, uma paixão!
Diz, muito obrigado! Mesmo!

Anônimo disse...

O Eduardo é muito gentil. E o blog dele, passo por lá sempre, a série cadeiras e varais também acho lindo.
Mudou o template, tá lindo, lembra o outono daqui rs.
Sei que fez PUC, em SP fui conhecer a faculdade e gostei muito do ambiente, do bairro, enfim, mas pra mim muito caro eu achei. Tá certo, as conceituadas, são, e tem que ser né. Fazer o quê. Então tentei as públicas.
Vc tem sinusite?
Bom, paro aqui senão, já viu.
um bom dia, boa noite
madoka

Diz disse...

Eduardo, vc merece :)
é super gente fina, é nosso diplomata no virtual e tem um blog com coisas lindas.
Um abraço, Laura

Madoka, querida, pois é a PUC hj é mto mais cara, naquele tempo meu pai pagava, hj eu não poderia pagar uma particular p meus filhos.
Vc tem um nível excelente, fez uma ótima faculdade e, sabe, eu acho que o aluno faz a diferença, sempre- basta aproveitar o máximo e estudar muito. Mesmo as melhores faculdades têm alunos medíocres, sabemos.

Bj, Laura

Anônimo disse...

Vc é muito generosa, obrigada pelos elogios.
Fiz minha vida estudantil, toda em escolas públicas. Então achava contraditório ir cursar uma faculdade particular. E os que vinham de colégios particulares, vao direto para federais e estaduais, que são bem ou mal, referência no ensino. E isso não muda. Contrastes, desse nosso país, tão desigual né. Bom esse assunto
dá para vc fazer um post futuro, educação, é assunto que me interessa.
Aqui, é um barato! não sabia, mas tem todo o ritual para a entrada do aluno na primeira série, que é a data mais importante da vida escolar do aluno. Lindo, foi muito emocionante.
beijos, te adoro
madoka