sexta-feira, dezembro 10, 2010

A minha casa tem...


Meninos em frente à minha casa andam de bicicleta.

Ouço:
- Pare a bicicleta! É a polícia!
...
- Você não parou! Pare!
- Eu não! Sou traficante, vou fugir.
E subiram correndo ladeira acima.
:)

Hoje encontrei uma cobrinha na frente da porta da cozinha.

Ontem um lagarto enorme descansava sobre as flores de um vaso no jardim- pena estar sem máquina- preciso resolver isso. Uma cena... chamei Dan, rimos do tipo sobre as flores azuis- na maior.

Numa embalagem há uma aranha carangueijeira presa- coitada! Coisa de Dan.

Ontem havia um beija flor no fio elétrico. Assobiei(ou é assoviei?) e nada. Na dele. É difícil vê-los parados.

O mamoeiro está com flores e frutos- mamão papaya- primeira floração. O outro mamão Formosa tenho comido- é muito grande, acaba estragando- só eu como. A amoreira sofre com o vento- que parou. Não venta mais Úuuuuuuuuuuuuuuuuuu:) faz calor, mas prefiro, acreditem.
As helicônias estão floridas-adoro as cores e forma.
A menta espalha-se como capim. Tomo suco com maça e hortelã- menta todos os dias.
Lá pelas seis da tarde :)

Está ligada a TV num flme de Woody Allen que não gosto- 'Dorminhoco'.

Acordo todos os dias com os peões conversando animadamente- outro dia, muito cedo, abri a janela e disse:
- Vocês me acordam todos os dias. Dá para falarem mais baixo! Vou ter que reclamar com a Secretaria de meio ambiente?
Eles vivem num canteiro de obras irregular, colado no meu muro, dormem em redes, sem nenhum conforto. Mas cantam- agora um toca violão de noitinha, eles cantam junto- acho legal.
Eles passam dois dias mais quietos, ai esquecem- hoje conversavam alto-deixei pra lá- levantei antes da sete hs.
Já me disseram que sem o canteiro de obras eu ficarei mais exposta- é mais perigoso- mesmo com a cerca elétrica. Outro dia jogaram um pedaço de tijolo enorme aqui- se acertasse um mataria- faria um estrago na cabeça- bateu no telhado da area de serviço e caiu na grama.

Um comentário:

Flávia disse...

Amei esse post! Adoro o cotidiano visto assim, com os olhos alegres!
E sabe o que mais me faz muito bem: Escutar gente cantando! Faz um bem danado pra minha alma. Pode ser a criatura mais desafinada do mundo! Eu amo ouvir gente cantando!
Beijão muito grande procê, querida!