quinta-feira, março 25, 2010

Um amigo, uma saudade



Sinto falta deste amigo- uma das pessoas mais inteligentes, generosas e geniais que conheci- só no virtual. Saudades de você, Betão. Pensaram que eu falava de Andy Warhol? :)
Vejam mais aqui.

3 comentários:

Eduardo P.L disse...

No virtual, mais do que na vida real, as pessoas aparecem, tomam espaço e desaparecem! Mas é a vida virtual!

expressodalinha disse...

... e quando se tenta converter o virtual no real, normalmente sai asneira!

Anônimo disse...

rs, é isso gente? saindo do virtual sai asneira? muito bom isso.
Ah, tomara que não saia asneira né Laura ao vivo.
bjo
madoka