quarta-feira, setembro 23, 2009

Mini conto: Ele sabia




Ele sabia


Ele sabia, desde o primeiro dia, ela não, que a faria sofrer.
A transparência dela o cativara, o amor excessivo causava-lhe náuseas.
Um dia ela veio, os olhos vermelhos de choro. Ele não lhe sorriu como sempre. Observou-a em silêncio. Vestia preto, mantinha a postura elegante. De costas, olhava a janela. Ele a abraçou levantando o vestido, esfregando as mãos grandes em seus seios, o pênis duro em suas coxas. Virou-a num gesto brusco. Ajoelhou-se tirando a meia calça preta. Jogou-a no sofá, mordeu seus mamilos. Ela gemeu de dor. Penetrou-a fundo num ritmo intenso.
Ela disse: "Pare, está doendo".
Ele não parou. Gozou espargindo sobre ela o sêmen.
Depois daquela tarde ela não chorou mais. Não mais voltou.
Agora ela também sabia.

4 comentários:

Ilana disse...

Gostei da forma como o conto foi escrito. Tão intenso, real.. a gente passa a saber, olhando diretamente pela janela. Sem drama ele foi um perfeito fdp. Uma hora ele tinha que ser sincero. Da forma mais bruta ele foi, e assim ela ficou sabendo.


Realmente gostei, parabéns..
abrs

Lunna disse...

Não sei, eu gostei do conto, gostei também do estilo de narrativa, mas não acho que ela não sabia porque no fundo, sempre sabemos, mas preferimos fingir não saber e a verdade fica ali, a salvo até que ela invade você.
abraços meus

Lia Noronha disse...

laura: eles sempre sabem..que as farão sofrer..elas tbém pressnetem...mas preferem se iludir...Bjius mil...tenho te seguido no twitter...rs

Diz disse...

Meninas,as mulheres intuem, mas não querem acreditar,não é?

Estou sem o computador hj, usando o do meu sobrinho.
Vamos ver qd vou resolver o problema.
Bjs obrigada, Laura