sábado, fevereiro 28, 2009

Rio 444 anos. Viva!











Eu amo o Rio. Algumas pessoas se irritam com isto, eu sei. Tchau, não leiam mais. Bye, bye.
Amo o Rio de doer. É uma cidade com uma beleza impar, exuberante. O povo, acolhedor,
faz com que todos se sintam em casa ali.

Fui para lá muito jovem, depois de uma infância repressiva e triste em Curitiba.

No Rio fiz amigos para sempre, gente alegre, sempre com um abraço forte e um sorriso, uma lembrança, que me faz sorrir.

Amo meus amigos cariocas. Escolhi ser carioca pela descontração, pela facilidade em fazer contatos, pela prosa fácil e amável- eu sou assim.

Povo livre, não critica o comportamento do vizinho, mas é o primeiro a te ajudar num aperto qualquer.

Respeita a individualidade e privacidade de todos- vide a quantidade de astros que vivem lá e não são importunados- carioca finge não ver artistas famosos, eles circulam livremente, vão à praia, shopping. Não se pede autógrafos lá.

Ali amei muito e fui amada, tive meus filhos, estudei o que gosto- psicanálise, fiz análises, trabalhei com prazer.

Por que sai de lá? porque estava muito só com dois meninos e assustada com a violência, meus irmãos todos vivem aqui.

Se fosse só estaria lá, com certeza. Teria companhia para meu cineminha e para os bate papos. Um dia eu consigo encontrar amigos aqui, continuo tentando.

Ou quem sabe voltarei para o Rio, já velhinha, e me instalo em Copa, que é o melhor lugar do mundo para os velhinhos. Passearei na rua com a boca pintada de vermelho, me avisem se estiver borrada, sim? (vê-se muitas velhinhas com as bocas borradas lá) As roupas de décadas passadas, mas clássicas, uma bengala para apoio... É assim que eu vejo as velhinhas de lá. Elegantes e lampeiras.
Que tal?


E não existe carioca mais lindo e talentoso que o meu querido Tom(Chico não é carioca da gema, assim como eu).
Fiquem com ele:




Ou a homenagem do baiano, que lá vive, para o Rio:



Aquele Abraço

Gilberto Gil


O Rio de Janeiro
Continua lindo
O Rio de Janeiro
Continua sendo
O Rio de Janeiro
Fevereiro e março...

Alô, alô, Realengo
Aquele Abraço!
Alô torcida do Flamengo
Aquele abraço!...(2x)

Chacrinha continua

Mais aqui.

Ah! E se você não conhece o Rio e tem raiva de quem o ama, pense sobre isto, há algo errado ai. Pode crer. :) Todos deveriam conhecer um dia o Rio, assim como Paris. Deveria ser um direito para todos.

7 comentários:

liz disse...

Muito bom ler o que escreveu sobre o Rio.
Sou carioca, tb tive meus filhos aqui - nunca saí do Rio, sempre viajava - mas voltava.

Hoje estou com 65 anos e moro sozinha,meio que reclusa, por opção, fiquei viúva recentemente. Atualmente o que me ampara e ainda me encanta é o meu amor pelo Rio.
Fui largando meus pedaços pelo caminho, mas não largo a cidade.
Ela é meu porto seguro e preenche a solidão de meu coração.
Quando precisar, estou aqui!
Vamos festejar o Rio!
Liz

Leila Silva disse...

Fotos lindas, o Rio é sem dúvida a cidade maravilhosa, mas talvez por conhecer mal (já estive ali algumas vezes)e por ter medo da tão falada violência eu não sinto nada de realmente especial pela cidade. Aliás, acho que ainda não 'encontrei' minha cidade. E amigos mesmo, de verdade em Curitiba ainda não fiz, mas pode ser culpa minha.
Abraços

D. disse...

Liz, caminhar pelo Rio me conforta. Ontem antes de dormir lembrei da orla de Ipanema, me dava prazer enorme chegar ali, se pegasse um taxi dizia: Vá pela praia por favor, quero ver o mar.

Aqui tb gosto da via costeira- uma espécie de Niemeyer, sem as curvas charmosas dai. É uma bela via, 10' de mar te acompanhando.

Não fique tão reclusa. Pena não estar por ai senão iríamos ao cinema- vá ver filmes de tarde, não há perigo. Veja exposições, estas coisas fazem bem p a alma. passei em copacabana no calçadão ou Ipa-leblon. Já foi no domingo? é uma gde festa.

Apareça sempre. Gostei de vc.
Tb me sinto em luto- o amor da minha vida se foi no ano passado, mas não fomos casados,éramos amigos e nos amávamos de longe há anos- eu vim p cá em 2002.

Leila. Ah! te entendo, nós duas não somos fáceis p fazer amigos. Li seu post da viagem com a amiga dinâmica, eu tb sofro por ser assim, mais devagar, gostar de silêncio, ler, escrever... as pessoas são mais ruidosas, agitadas, eu fujo de ruidos e agitos.
Gosto de ir à praia de tarde, de um cinema, um café, uma comidinha leve. Sou difícil, eu sei.
O Rio é uma cidade muitoooooo especial. Vc precisa ficar num lugar aprazível, que não sinta medo. É só andar sem jóias e com simplicidade, nada vai te acontecer, pode crer. Precisa passear na orla, de preferência Ipanema ou Leblon, ali é mais tranquilo. Copa é mais agitada, mas mais curiosa- tem gente de todos os tipos, é divertido ali. Leblon é mais sofisticado, Ipa mais descontraida. E há mta gente bonita. Eu adoro passear na orla esta hora,por ex. é uma festa de gente colorida e alegre. Mtos se conhecem, a gente encontra amigos do colégio, de todos os lugares. Saudades do Rio.

Bjs nas duas queridas, Laura

liz disse...

Obrigada pelo afago Laura

Nasci na Tijuca e conheço o Rio dos subúrbios, da casinha de subúrbio, das linhas dos trens, morei em Vila Isabel, grajaú, Muda, etc, com meus pais.Tempos tranquilos a cidade começava a ficar violenta,adoro o Centro da cidade, sempre ia com meu pai, conhecia todos os lugares ( hoje bem badalados) mas a cidade foi ficando cada dia amis agitada e mal administrada por muito tempo mas sou carioca "da gema" e conheço o Rio muito bem ( ou melhor conhecia) pois como falei antes, hoje não saio muito.As vezes passo por alguns lugares e choro.
Casei com o único homem que sempre tive e ele era boêmio, gostava da vida da noite em Copacabana, onde passei a morar: Copacabana, depois Leblon e quando ainda não existia nada, na Barra da Tijuca onde estou agora
( 20 anos)Dancei muito, brinquei e fui feliz, criei meus filhos ( eu e ele)e tive a sorte de vê-los sempre bem de saúde e felizes ( o tanto quanto isso é possível) Tudo no RIO! Agora tenho que refazer meus caminhos, mas será aqui mesmo, com toda a violência e beleza dessa cidade que amo cada dia mais!
Obs Gostei das suas dicas, elas são sábias, já tentei fazer várias coisas, mas vou conseguir pouco a pouco, eu tb sou muito devagar.
Obrigada pelo seu carinho, adorei!
Que você fique bem aí, que deve ser lindo, aproveitar o que aí tem de bom.

Anônimo disse...

Passo muitas vezes aqui e, muitas vezes, fico com vontade de dizer qualquer coisa, porque acho o blogue de muito bom gosto, intimista e, apesar da bastante pessoal, atrai quem aqui chega.

Hoje, quando li o seu texto e os comentários sobre o Rio, resolvi também dizer o que eu acho, porque o Rio é para mim uma paixão. Contudo, fico um pouco sem jeito porque quem fala do Rio, aqui, conhece bem a cidade. Eu, que sou do outro lado do Atlântico e do hemisfério norte, um português apaixonado pela terra brasileira e que, entre alguns lugares do Brasil e do mundo, já esteve por duas vezes no Rio de Janeiro, a última há um ano, vibra quando se fala dessa cidade.
Descontando a violência que toda a gente refere, mas que a minha inocência, ou talvez ignorância, nunca conseguiu perceber exactamente, o Rio é, de facto, se não a mais bela, uma das mais belas cidades que conheço, mesmo contando com Paris e Roma, que também são cidades muito especiais.

Meu Deus! Que saudade. As ruas, o ar, o verde, a majestade das montanhas junto ao mar e, certamente, as pessoas.
Abraço.
Fernando

D. disse...

Liz, e eu a te dar dicas :) vc conhece melhor que eu que não conheço bem o centro do Rio nem o subúrbio, fiquei sempre por ali na zona sul.
Venha sempre aqui, será bom para nós duas, pode crer.

Fernando, que bom um português apaixonado pelo Rio. tenho um amigo em Lisboa que tb ama o Rio.
Olhe, eu tenho vários PPSs com fotos belíssimas do Rio, se quiser te envio. É só mandar um email. Eu tenho um amigo carioca que tem dezenas de PPSs, ma envia sempre.
E volte ao Brasil.

Eu amei Paris,em outra encarnação devo ter vivido lá :) mas o Rio... a geografia é espetacular. Paris é arquitetura e o rio Senna. Charme puro. E culturaaaaaaaaaaaaa, adoro artes plásticas, lá é o paraiso.

Não se iniba aqui, eu fico mto feliz qdo as pessoas se revelam.

Abs nos dois novos amigos,Laura

Cris S. disse...

Que fotos lindas! É difícil encontrar uma cidade tão bela como o Rio de Janeiro. Hong Kong lembra o Rio, mas não é tão bonita.

bjs