quarta-feira, fevereiro 15, 2012

Olivier Anquier, a moto e a vida




Todos sabem que eu sou encantada pelo Olivier Anquier. tenho motivos- é o homem mais gentil que eu conheci no virtual. Ontem comprando pão encontrei esta revista e lia reportagem. Para minha surpresa fiquei sabendo que ele estudou em seminário para ser padre até os 16 anos de idade.

 Meu ex marido também fez o mesmo- saiu quando conheceu mulheres. Estudou desde os 6 anos num seminário no interior de Minas.

Olivier levou de casa apenas a moto do pai. Saiu pelo mundo. Morava com as namoradas. Imaginem quantas não deixou por ai encantadas. rs

Na reportagem contam a sua simplicidade. Anda só de moto por Sampa, usa apenas jeans e camiseta, botas, além da jaqueta de grife- que tem 20 anos, uma mochila com o básico em caso de chuva. Depois vem a história que muitos já conhecem. O Brasil, o trabalho como modelo, a padaria, o casamento com a Débora Block, os filhos... O resto todos sabem.

3 comentários:

banzai disse...

uau, até os 16 anos num seminário!! já imaginou ele padre? que história. Eu adoro ouvir histórias. Tem um programa aqui na TV japa, que um senhor sai pelas ruas de uma cidade qualquer, encontra pessoas, vai conversando, ouvindo suas histórias, vai pra casa da pessoa. Adoro!! A Regina Casé tinha um programa similiar, eu adorava. Adoro gente né?
bjs
madoka

Camille disse...

Interessante, voce e fiel aos seus encantamentos e encantadores. Eu nao me fixo em nada por muito tempo. Talvez pelos golfinhos!!!!
Bjao

Diz disse...

Madoka, já respondi em off :)

Camille, minha flor. Lembro sempre de vc- sou mto fiel aos meus queridos, ídolos ou não. Sei q vc é aos amigos e fico feliz por não me esquecer aqui- há poucas visitas de amigos- só vem gente do google:( enfim, eu tb abandonei os blogs amigos- faz parte. Bjs em vcs 2.