segunda-feira, dezembro 20, 2010

Memória - por Carlos Drummond de Andrade



YouTube - Memória (declamado por Carlos Drummond de Andrade)

Como ouvir a voz dele e não se emocionar?
Poema de uma beleza e simplicidade que só os grandes alcançam.
Saudades... tantas saudades no meu coração.

Um comentário:

Camille disse...

Vixe menina, voce lembra quando eu pensei que ele fosse pai dos seus filhos? Heheheh, que maluquice.
Beijos da Cam ( estou de ferias)