quinta-feira, julho 22, 2010

Microcontos: Twitter- 22 Julho 2010




Canções de amor a levam a chorar. Chora até lavar a alma. Ai, a tristeza passa e vira lembranças de amor. A noite será menos fria, ela sabe.


A vida tornou-se estranha- como se vivesse num país onde não entendesse a língua- os códigos. Terá tempo para aprendê-los?


A dor encolheu seu espaço. Tem medo do sol, do vento, do olhar do vizinho. A casa é solar e a acolhe. Olha através da janela a vida que passa.


Tem sono na hora que antes começava a viver. Era notívaga. Desperta com gritos dos pássaros na mata. Onde perdeu o elo com o mundo?

Um comentário:

Maria Muadiê disse...

...e traz o mundo em si.