domingo, abril 19, 2009

Vamos distribuir livros por ai. Vai ser um barato!







A Marina W. deu uma ótima idéia depois que leu meu recado aqui*, dia 23 deixaremos um livro para alguém num espaço público, ou simplesmente daremos a um desconhecido. É o "bookcrossing" nosso. Gente, internet tem força, eu sozinha não tenho, mas a gente pode mobilizar nossos amigos e conhecidos, que são muitosssssssssssssssss...
Vamos à luta. A causa é boa, até para mostrar que somos internautas, lemos aqui, mas não abandonamos os livros de papel.
Vamos começar a divulgar.
Olha, estes dias vai ser meio devagar pelo feriado, mas a gente insiste, até porque mesmo em viagem as pessoas não deixam de ler pelo menos as mensagens.
Quem tem 'twitter' escreva lá, já postei uma parte lá, vou agora completar com a idéia da Marina.
Obrigada pelo apoio. Todos ganhamos com isto- estamos aumentando a rede de amigos do livro.
Voilà!




*Que tal no dia internacional do livro, que cai na próxima quinta-feira, os blogueiros amigos, que circulam por aqui, e que também gostam de livros, fazerem um post falando nisto?
Cada um faz o que quiser, pode ser falar de um livro em especial, ou de vários, citar uma listinha dos preferidos...
Vou pensar em algo.
Gente, nós amamos os livros, vamos louvá-los.

5 comentários:

Catharina disse...

AMEI o seu blog. Este e o outro, o da psicanalista. Entrei nele (via Marina W) as 5 da tarde e li até agora, 10 da noite. Ô leitura boa.
Vim pelo apelo ao dia do livro, ideia que já 'está na veia'. Agora serei assídua.
Abraços
Catharina

avantderniere disse...

menina, eu adoro fazer isso, esquecer livros estrategicamente em taxis e bancos de praça. Vou fazer, sim! beijosss

avantderniere disse...

menina, eu adoro fazer isso, esquecer livros estrategicamente em taxis e bancos de praça. Vou fazer, sim! beijosss

D. disse...

Catharina, seja bem-vinda. Que bom que gostou! fico super feliz qdo alguém curte assim como vc.
Aqui terá sempre espaço para conversar e ser ouvida,
um bj
Laura-Elianne(A psicanalista)

Andrea, vc é especial mesmo, menina.
Apareça mais, me perdoe pelas faltas, a cabeça não ajuda,fico a mil aqui e me perco.

Bjs nas duas,
Laura

Hélio Jorge Cordeiro disse...

Laura, muito boa sugestão! Eu mesmo já fiz isso com o meu livro O Suicida, durante várias viagens para outros estados. Por onde eu passava, deixava um ou mesmo escolhia alguém e o presenteava, mas sempre pedindo para que a pessoa o passasse para frente, já que era uma cortezia e não tinha lhe custado nada. Claro que essa atitude foi uma promoção pessoal, o que, em parte, não vale muito, mas já foi uma boa ação, doa-lo, acho eu.

Viva o livro, viva São Jorge!

bjos
Hélio