domingo, dezembro 21, 2008

O que será que os urubus...

Copiei do Jôka
Na vida é precisa sorte, como nos jogos, podem crer...Tá certo, a gente precisa ajudar, pero...sorte existe, sim.





Eu tenho um jeito espontâneo de ser, eu gosto de ser assim, odeio fazer pose.
Ontem fomos, eu e Luc, à festinha de Natal do condomínio, onde moro há um mês e 20 dias, por ai.
No início foi aquele mal estar, as pessoas que se conhecem se agrupando, eu e ele no canto da mesa com um casal que ainda está chegando. Simpáticos, mas aquela coisa, ele trabalha com carros e só falava nisto- fico de fora, não sei NADA sobre carros, tenho um Fiat antigo, que me serve muito bem, e só. Ela, mãe de trigêmeos...imaginem, mas são gente boa, ela muito bonitinha, fina.
A festa foi enchendo, virei para Luc e disse que dava vontade de sair de fininho, ai uma paulista super simpática e educada, que eu já havia conhecido na piscina, sentou-se à nossa frente e puxou papo gentilmente. Ela mora aqui há pouco tempo também.
Quando ela saiu apareceu a vizinha da casa da frente e o marido, conversamos. Ele é professor universitário de sociologia, ela é bancária e estudante de marketing(doutorado).
Bom, conheci outras pessoas também. Simpatizei com os vizinhos, têm bom astral, são educados. Muito diferente do povo dos outros lugares onde morei. Nossa! era um horror, me olhavam como se eu fosse 'avis rara'. Devo ser: mulher de mais de cinqüenta, conservada, bronzeada, que se cuida, (estou sempre na piscina me exercitando), que mora só com dois filhos, não bebe, nem faz fofoca com vizinhos. Enfim...sou diferente de muitas das mulheres da minha idade -não sou avó e me sinto como se tivesse 40 anos*.
Meu filho é interessante. Hoje conversávamos sobre ontem, ele me disse que notou que a vizinha cruzou os braços no momento em que eu disse que sempre comi comida saudável, não bebia refrigerante, por isso não tenho celulites. O papo surgiu porque uma delas disse que toda mulher tem estria e celulites- eu não tenho. Bom, é engraçado isto. Tudo tem um preço, eu tomava coca- cola raramente, comia pouquíssimo doce. Fiz dieta a vida toda, por isso pareço ter menos idade. Então, se a pessoa abusa, vive pelo prazer de comer e beber, terá conseqüências... Ora, é assim, não é?
Uma das moças havia feito cirurgia no abdômen há pouco tempo, ainda estava com cinta. Olhe, não estou fazendo auto- elogio, viu? mas eu tive filhos com 40 anos, dois meses depois estava sem barriga e sem estrias. Por que? porque eu tive a preocupação de fazer exercícios, fiz anti-ginástica anos, antes de parir- foram partos normais- e depois fiz dieta, usei cinta, voltou tudo pro lugar.
Eu comentei com ele que as pessoas se incomodam com o que eu digo às vezes e que o blog é exemplo disto: como tenho falado muito em Paris algumas pessoas sumiram, não agüentam mais ouvir nem falar em Pari...
:)
Ele ponderou que era melhor eu falar de outros assuntos, que é preciso variar. OK. Eu diversifico, mas este espaço é um diário, eu gosto de contar para amigos o que acontece aqui.
Este ano sofri o pão que o diabo amassou sem dó nem piedade, depois fui viajar e, algumas vezes, lá, eu chorava porque estava sendo cuidada, coisa que aqui não sou. Precisava daquilo, muito, do carinho e afeto dos amigos.
Voltei, a casa nova é um prazer, e o fim de ano, um desprazer. Não quero mais falar das minhas perdas, nem chorar lutos. Quero virar esta página. Quero curtir o que me resta de vida bem. O que me resta? É, eu não tenho mais 20 anos. Se me abandonar, cai tudo mesmo, minha mãe fez isto, está velha, como não precisava estar, e como eu sou muito parecida com ela, melhor ficar atenta. ai ai
Detesto me sentir policiada, vocês sabem.
Xô urubus.
Por falar nisto...tirei uma foto dos urubus, ainda não coloquei aqui, não é? Vou colocar. Cinco da manhã acordei e vi os urubus.
Tenho acordado cinco da matina, ai durmo até às sete, levanto por ai- o barulho da obra...
Boa semana para vocês, semaninha chata esta- aqui no condomínio é festa o tempo todo. Hoje teve aqui na frente, churrasco, lá na área de lazer, uma infantil, agora ouço ruídos mais pra lá... Enfim... c'est la vie, nada é perfeito.
* Teresa outro dia disse num post que fez 50 anos, tem corpo de 30 etc e tal. Gostei de ler. Por que a gente tem que se depreciar aqui? Ela mora em Paris(de novo?), está feliz, amando, se cuida, faz musculação, eu acho, não tenho certeza, então, fico feliz por ela e por saber que não sou só eu que penso e vivo assim. E não faço musculação porque não gosto, prefiro uma piscina e a hidro- refresca e faz bem, lógico que os pesos torneiam melhor, mas eu não ligo, quero me sentir bem e não ficar torneada, nunca foi esta minha preocupação, agora menos ainda.



O que será que os urubus estavam paquerando? Aqui dizem pastorando- é bonitinho- pastorar crianças, dizem.

11 comentários:

Anônimo disse...

Querida amiga,
...aqui no Japão, não tem urubus rondando, mas um similar a eles, são pretos, e ficam bicando os lixos das ruas, o nome: karassu, vai ver são primos.
Quase natal, e vamos estar trabalhando, entramos em recesso dia 27/12, ufa! estou cansada...precisando de férias, temos uma semana. Bom saber de ti.
Boa semana e tudo de bom
sayonara
madoka

. fina flor . disse...

querida Laura,

passo para deixa um beijo de fim de ano!!!

um ótimo natal para você e um "dois mil e love" repleto de conquistas, cadência na alma e quentura no coração :o)

o que há de melhor, para mim, para você, para os meus, para os seus......

beijos

MM.

D. disse...

Madoka, e o frio? está demais?
Aqui existem corvos tb, eu não entendo destas aves, sou péssima p isto. Meu vizinho pegou um pássaro recém nascido estes dias e colocou na gaiola, eu questionei, me disse que um gavião tentou comê-lo. Os pais do bichinho ficam próximos, vc precisava ver, vêm até a gaiola, uma graça- pois é, bicho tem instnto maternal e tem mta mãe qu enão tem.
Bjs querida, Laura

Anônimo disse...

laura,
esse é o tipo de post que adoro(!) ler!você "arrasou"!
auto-estima lá em cima!eu também estou (sempre) assim.
ontem mesmo,num site de ralacionamento,um carinha duvidou dos meus (explícitos) 5.8.eu lhe disse:por que eu aumentaria pra mais??? concorda?
eu malho .não é fácil.é muito monótono. mas,depois os elogios compensam tudo.como homem(que privilégio!!!),não tenho celulite.também não bebo refrigerante.só que no finde,agora,nesse estágio da vida, tomo TODAS!!! e acordo na segunda lépido, fagueiro e muito FELIZ!!!
p.s. a teresa,de fato, é enxutona!!!abs.tertu
mais uma vez?natal é desse jeito mesmo que vc escreveu. ou vc a ama,ou vc a deixa!eu sei bem o que é isso.

Jôka P. disse...

Laura, essas fotos foram tiradas no seu coondomínio ? Parece uma fazenda no interio, daquelas de novela de Benedito Rui Barbosa ! Já posso imaginar você usando um chapelão, jeans justíssimos e botas de cano alto, andando a cavalo e alimentando patos na beira de um lago cenográfico.
Desejo um feliz Natal pra você e sua família !

Anônimo disse...

Eu me cuido tambem, adoro correr, mais com esse frio de Boston, so na academia mesmo, adorooo um doce.
Feliz Natal para os tres.
Ivana

D. disse...

Tertu, pois é, a gente se cuida, é super conservado- eu te conheço e é um gato- e vem gente dizendo que se faz auto- elogio. Quero mais que todos façam o mesmo, viveríamos num mundo pelo menos com gente mais saudável.
Ontem recebi um PPS sobre saúde, qtas hs as pessoas que s ecuidam gastam p isto e foi engraçado, porque eu como maçã, tomo água, faço exercícios, como legumes etc e tal. Vou te mandar. Veio de Portugal e é bem divertido.

Jôka, esta é minha vista da janela, mas é fora do condomínio e seria difícil vc me ver sobre um cavalo, tenho medo :) meu pai fazia equitação, mas isto foi há tanto tempo... A minha casa é a última de um condomínio, depois vêm estas duas fazendas.

Ivana, faça pelo menos alongamento dentro de casa mesmo, é só deitar no chão, é tão bom.
E no frio a gente consome mais calorias, pode comer mais.

Bjs nos 3 queridos,
Laura

Jôka P. disse...

Ah, tá !...
Eu não sei dirigir carro nem moto (mal dirijo a minha própria vida) mas já fui um "Ás" na equitação, montava tão bem ou melhor que o John Wayne. Nunca tive medinho não.
Hoje, como já tem muito tempo que não monto, não sei se ainda estaria em forma.

Jôka P. disse...

Sua vista é bacanérrima !

Cris Cris disse...

Kerida,

aqui sua friend de Santos..
olha sou um horror!
não sei se pela minha sindrome de estocolmo q ja dura 20 anos ou pq tenho la algo pra purficar..ando tão budista ultimamente!
o certo é que estou pra começar a mi cuidar..enorme cheia de estrias e celulite e por aqui vou eu..
o importante é não dessitir pois não?
aposte em mim, ainda vou escrever assim:
estou otima, hj os meninos reconheceram o meu esforço e percebo q eu tbem me dei parabens..
tomara q seja nesta encarnação!!
beijos
feliz 2009

D. disse...

Cris, não desistir de viver significa se cuidar, não se entregar.
Sorte para vc. Budismo é bom :)
tb gosto,
Bjs laura(amiga desta encarnação)